Líder de engenharia de infraestrutura há mais de 24 anos



Desenvolvimento Urbano e Regional

A área de Desenvolvimento Urbano e Regional da ITEC atua em projetos complexos que geram desenvolvimento e renovação em cidades e municípios, levando qualidade de vida para a população.

O impacto dos fatores urbanos decorrentes da expansão econômica do país gera um crescimento descontrolado nas áreas urbanas, criando percalços na infraestrutura e na capacidade institucional do local, consequência da despreparação das áreas para receber este volume de migração. Não sendo capaz de suportar o crescimento da demanda populacional urbana, cria-se uma disparidade econômica entre os centros urbanos e as áreas rurais, afetando diretamente a qualidade de vida dos habitantes, criando diversas deficiências na infraestrutura urbana (saneamento, transporte, moradia, serviços públicos).

Os projetos da ITEC que visam o desenvolvimento urbano e regional atuam nesta anomalia social, evitando a deteriorização da infraestrutura e o baixo desenvolvimento econômico, por meio da implementação de planos regionais para promover a autossuficiência e pela identificação de estratégias de desenvolvimento econômico sustentável através de planos diretores que incorporam estratégia de desenvolvimento urbano, comercial e agrícola.

A ITEC desenvolve projeto que oferecem soluções para os problemas urbanos e regionais, sem deixar de lado a integração com as outras áreas de competência da empresa. Levando assim as cidades por onde passam uma maior qualidade de vida e bem-estar à população, possibilitando um crescimento econômico sustentável perene.

Áreas de Atuação

Buscando promover o desenvolvimento econômico das regiões, atuando nas desigualdades, e em ações de planejamento que levam políticas de infraestrutura urbana, a ITEC tem como área de atuação:

Planejamento, Preparação e Acompanhamento de Programas de Revitalização Urbana e Patrimônio Histórico:
  • preparação de planos e programas de revitalização urbana;
  • gerenciamento de programas de revitalização urbana;
  • desenvolvimento de estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental;
  • desenvolvimento de projetos básicos e executivos.
  • Programas de Desenvolvimento Regional:

  • projetos urbanísticos;
  • planos diretores;
  • projetos de arquitetura.
  • programas de Geração de Emprego e Renda e de Desenvolvimento Socioeconômico.
  • Principais Projetos

    A ITEC tem experiência na execução de diversos projetos de desenvolvimento urbano e regional, tendo como principais:

  • Elaboração do Projeto Orla do Distrito Federal, criando 11 polos integrados que geraram o aproveitamento e a democratização do acesso ao Lado Paranoá, potencializando o desenvolvimento econômico, social e turístico de Brasília. *mais detalhes no final desta página
  • Apoio técnico ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no desempenho de tarefas relacionadas à orientação e à avaliação dos pro¬gramas municipais a serem financiados no âmbito do Programa Procidades.
  • Apoio técnico na formatação do Programa Viver Melhor, no Estado da Bahia, com vistas a financiamento do Banco Mundial.
  • Caracterização, dimensionamento e elaboração de recomendações para o componente imobiliário da área de influência da Rodovia do Sol, no Estado do Espírito Santo.
  • Desenvolvimento do Plano de Revitalização da Área do Comércio, Elaboração de projetos básicos de infra-estrutura e modelagem para a concessão de uso da área do projeto em Salvador/BA.
  • Elaboração de estudos referentes à área das obras de revitalização do Centro Histórico de Salvador-BA (BID).
  • Elaboração do documento de projeto do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Pantanal (BID).
  • Coordenação da preparação do Programa de Gestão Ambiental e Renovação Urbana de Cubatão-SP — Programa Guará Vermelho, focado na área de ocupações subnormais denominada Vila dos Pescadores, a ser financiado pelo Banco Mundial.
  • Coordenação da preparação do Programa de Recuperação Ambiental e Melhoria da Qualidade de Vida do Bacanga, em São Luís-MA, a ser finan¬ciado pelo Banco Mundial.
  • Estatísticas Gerais

  • 49 Estudos e Projetos de Desenvolvimento Urbano
  • 18 Projetos de Revitalização Urbana
  • 20 Projetos de Desenvolvimento Regional
  • 44 Atestados de Capacidade Técnica
  • Projeto Orla

    A qualidade da relação entre os habitantes de Brasília e a massa d'água que abraça a cidade, o Lago Paranoá, pode ser dividida em duas fases marcantes. Num primeiro momento, a cidade cresceu de costas para o seu Lago artificial, praticamente reservado para o uso de Clubes e residências particulares. A elaboração do Projeto Orla, em 1997, pela ITEC, a pedido da Secretaria de Turismo do Distrito Federal, altera completamente essa realidade, inaugurando um novo paradigma de aproveitamento do Lago.

    Importante destacar que a idéia de democratizar o acesso ao Lago Paranoá nasceu dentro da ITEC, cujos técnicos enxergaram a dicotomia existente entre o significado potencial daquelas águas para a população de Brasília e a qualidade do seu uso efetivo.

    O Lago Paranoá é a verdadeira praia da Capital Federal. Hoje, 13 anos depois da concepção do projeto, os brasilienses, de forma muito mais integrada: nadam, velejam, navegam, passeiam em suas margens ou simplesmente admiram o horizonte, ainda que o projeto original não tenha sido integralmente implementado.

    O Projeto Orla é baseado em 11 pólos de atração, que seriam plenamente interligados por intermédio de um calçadão, visando humanizar e potencializar o desenvolvimento econômico, social e turístico de Brasília. A ITEC produziu o Plano Diretor de Uso dos pólos, os projetos urbanísticos e o acompanhamento da implantação da primeira fase do projeto.

    O Lago Paranoá possui 42 km² de área e, até o advento do Projeto Orla, a beleza do seu espelho d'água era reservada para poucos. Hoje, a democratização do acesso traduz-se de várias formas. O planejamento físico-territorial concebido pela ITEC propiciou o desenvolvimento de modelos de negócio, transformando a área não apenas num bem para o usufruto da população, mas também num elemento propulsor do turismo e do lazer na cidade.

    Cada polo planejado no Projeto Orla dispõe de características diferentes, buscando públicos distintos, porém, complementares entre si. Foi proposta a implantação de centros culturais e de lazer, hotéis, comércio, marinas, restaurantes, parques naturais e tecnológicos e empreendimentos diversos.

    O grande mérito do projeto reside no resgate do uso público das margens do Lago, reaproximando a população do Lago Paranoá. Isso propiciou o surgimento de empreendimentos de grande sucesso e que hoje constituem referências na cidade, tais como o Pontão de Lago Sul, o Pier 21, o Restaurante Mangai, o Alvorada Hotel e Flats, o Complexo de Lazer, que inclui o restaurante Côco Bambu, além de condomínios residenciais diferenciados tais como o Residencial Beira Lago e Complexo Ilhas do Lago, entre outros.




    ITEC Engenharia Ltda. - Copyright 2011